Repense

A campanha Repense foi criada em 2014 para provocar o debate sobre o uso medicinal da maconha. Sua primeira ação foi o lançamento do curta metragem “Ilegal” abordando a história da menina Anny Fischer que sofria com dezenas de crises de epilepsia por semana. Junto ao filme a Repense lançou uma campanha de financiamento coletivo, o que permitiu a produção de cartilhas informativas e outros curtas metragens. Em 2015 a campanha foi indicada ao prêmio “Faz Diferença” de O Globo. 

A Repense segue com sua presença on-line e a na luta pela regulamentação do uso medicinal da maconha com ações de divulgação, educação e advocacy.  

Siga a @campanharepense


Assista aos curtas produzidos pela Repense